sexta-feira, 29 de junho de 2012

=O Ipê a a Liberdade=




Abri a janela e o sol entrou clareando meu rosto,
Uma rajada de vento forte balançou as cortinas,
Estremeci quando o vi descendo as escadas,
Passou por mim,
E foi embora sem me dizer adeus.

Fiquei olhando-o, até perdê-lo de vista na estrada rodeada por ipês floridos,
As flores amarelas estavam tão lindas,
Que lembrei-me com carinho,
Do dia em que os plantamos juntos.

Sentei-me na grama,
E peguei um punhado de flores que estavam caídas no chão
Abracei-as forte contra meu peito dolorido,
Chorei tanto que a dor acabou indo embora,
Assim como você.

Levantei e enxuguei cada lágrima,
E prometi para mim mesma,
Que a partir daquele momento tudo seria diferente,
Então corri até os trilhos do trem,
Abri meus braços,
E senti novamente o sabor da liberdade.

Depois de muito tempo,
Estava livre para recomeçar e ser feliz novamente,
Assim como os ipês,
Que florescem a cada temporada!





Julho de 2012

51 comentários:

  1. Bom dia!!!!

    Desejo aos meus seguidores um belo dia,que Deus possa abençoar cada um de vcs com muito amor.
    Agradeço pela presença sempre no meu cantinho
    Abraços
    Rita!!!!

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Rita!

    Amo está árvore! Plantei uma no meu quintal, acho que em 2013 dará a primeira Flora, e tem uma imagem de florada dela no meu novo blog...

    Amei o poema! Tenha um maravilhoso fim de semana!

    Beijoooooooo

    ResponderExcluir
  3. Quando tudo acaba bem
    Não falta a felicidade
    Pelos carris do trem
    Seguindo em liberdade!

    Nas árvores sopra o vento
    Folha caídas na estrada
    Guardadas no pensamento
    Lembranças da vida passada!

    Bom fim de semana para você, amiga Rita. Um beijo
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  4. Maravilha de mensagem nesses versos lindos!!beijos,ótimo fds!chica

    ResponderExcluir
  5. As vezes renovar se faz necessário, gostei muito Ritinha..bjus

    ResponderExcluir
  6. Quanta luz emana
    desses lindíssimos
    Ipês floridos
    e de seus versos tão bonitos! Um lindo dia também para si, Rita! Obrigada pelo seu carinho e tenha um florido FDS Beijinho!

    ResponderExcluir
  7. texto e imagens a florir, querida rita!

    beijinho grande e uma flor!

    ResponderExcluir
  8. Adoro ipês, são lindos e coloridos!

    Adorei o texto.....

    Bjos no core Madrecita linda

    ResponderExcluir
  9. Bom dia Rita!

    Este é um prato bem confeccionado,misturando a felicidade e a liberdade, que fica bem em qualquer lado.

    Bom fim de semana,
    Beijinho,
    José

    ResponderExcluir
  10. Olá!Bom dia!
    ...que lindo...nem precisamos imaginar um lugar perfeito, basta olhar os elementos da natureza para ver um mundo "encantador", a nossa inspiração não precisa vir de outras leituras, mas apenas da contemplação da natureza...
    Obrigado pelo carinho da visita!
    Boa sexta feira!
    ah...seu comentário de hoje, foi "aparecer", num post de dezembro,( 11/12) sei lá o q aconteceu, rsrs
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Maravilhosa esta liberdade de vir ao encontro do seu cantinho virtual, senti um cheirinho de flores, nesta minha caminhada, tudo de bom para si minha amiga!
    Com meu carinhoso abraço

    ResponderExcluir
  12. Bonito poema, linda imgagem, amiga Rita. Um abraço. Tenhas um lindo fim de semana.

    ResponderExcluir
  13. Olá, amiga Rita!
    O "eu lírico" do poema escolheu o lugar certo para recomeçar.
    Poema de enrendo tristonho, mas de linguagem e ambiente extraordinários.
    Ipê é uma boa simbologia poética pela beleza e resiliência.
    Parabéns pela inspiração!

    Abraços sinceros do amigo!

    ResponderExcluir
  14. Oi amiga
    Estou precisando muito aprender a fazer isso. Me libertar para ser novamente feliz. Lindíssimo poema. Gostei demais.
    Um beijinho no coração
    Gracita

    ResponderExcluir
  15. Uma mensagem poética muito, muito linda Rita.
    Um maravilhoso fim de semana para ti.
    abração com carinho

    ResponderExcluir
  16. Ah que massa adorei!



    BEIJUXX
    http://ianapaulinhaaaa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oi Rita,boa tarde :)
    Muito lindo seu texto.E a imagem também.
    Adoro ipês,são magníficos.
    E por florescerem no inverno,me faz pensar que sempre é possível recomeçar,ser livre e feliz,(mesmo nos dias cinzentos...).

    ResponderExcluir
  18. Que mensagem maravilhosa!!!

    Beijos
    Andrea

    ResponderExcluir
  19. Disfrutar de la Libertad para Renovarse por dentro...Preciosas y bellas estrofas, llenas de Paisajes y sentimientos envueltos en el Horizonte.
    Me ha encantado, Rita. Me encantan las Poesías escritas y habladas en Brasileño...da un sabor especial, un tono melodioso y sensible.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
  20. Existe sempre um novo caminho a seguir em busca da felicidade.Lindo poema, parabéns.Beijos.

    ResponderExcluir
  21. Boa tarde, Rita.
    Sempre que passamos por provações difíceis, a tendência é nos entristecermos e desistirmos, mas se fizermos isso, perderemos a chance de desfrutar do dom maior, que é vida.
    Devemos perseverar sempre, e jamais desistir; a tristeza aparecerá, é verdade, mas, como tudo mais, ela é cíclica e passará.
    Abraço, Rita.

    ResponderExcluir
  22. Oieeee. Sou eu de novo amiga.
    Tem um selinho de agradecimento para você que me presenteia com sua encantadora presença.
    Caso aceite o mimo, o link é:
    http://gracitamensagens.blogspot.com.br/2012/06/coracao-magoado.html
    Um beijinho no coração
    Gracita

    ResponderExcluir
  23. Aplausos! Lindo poema! Na vida a gente cai, mas o melhor é saber levantar.
    A liberdade é tudo.
    Abração, Rita!

    ResponderExcluir
  24. Rita, querida, estive um tantinho ausente por falta de sinal da Net. Minha cidade esteve e ainda está sob essa manutenção.
    Show de poesia, pois há uma feliz escolha esse post.Parabéns, Rita!
    Feliz final de semana, deixo meu carinho e beijos!!

    ResponderExcluir
  25. Oi Rita! Esse é um dos únicos amarelos que eu admito. Realmente, o ipê é uma das árvores mais belas de nossa flora. Interessante a ligação que fez entre a liberdade, a linha do trem e a próxima safra de flores. Parabéns pelo poema. Bjsss

    ResponderExcluir
  26. Olá Rita,

    Belo texto e linda imagem.
    Os ipês são maravilhosos e inspiradores. Poder recomeçar é sempre uma dádiva. Basta que tenhamos vontade e coragem.

    Ótimo final de semana.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  27. OI RITA!
    AI, AI, AI,AMIGA.
    QUASE CHOREI, QUE COISA MAIS LINDA ESCREVESTE!
    TEM VEZES QUE A INSPIRAÇÃO AFLORA,MAS SAÍDA LA BEM DO FUNDINHO DA ALMA NÃO É?
    ABRÇS
    http://blogsdelagente.com/lazurus/2012/06/11/votacion-del-concurso-de-cuentos.

    ResponderExcluir
  28. Tenho muita vontade de plantar uma arvore de Ipê amarelo, é muito lindo.
    Ótimo findi. Bjs!

    ResponderExcluir
  29. Que lindo Rita, liberdade inspirada em Ipês viva a decisão de ser feliz! rsr lindo texto! Bjos mineiros p vc!

    ResponderExcluir
  30. Q Deus te abençoe tbm Rita!!Muito linda a msg!!
    Quero te convidar para participar do sorteio q tá rolando lá no blog!
    http://poquimdemim.blogspot.com.br/2012/06/sorteioquer-ganhar-um-perfume.html

    Passa lá dps! =)

    ResponderExcluir
  31. Oi Ritinha, menina que mensagem lindaaaaaaa, fiquei até mais tranquila agora rsrsrsrsrsr, beijocas e um ótimo fds!!!

    ResponderExcluir
  32. Minha amiga Rita! Que poesia linda! Adorei! Obrigada pelo teu carinho, pois significa muito pra mim! Um final de semana iluminado!
    Abraço fraterno e carinhoso!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  33. Oi Rita! Linda mensagem sobre os ipês! Aqui na minha cidade, tem vários e eu acho um show! Sim querida, estou melhor, graças a Deus! Obrigada pelo carinho da presença no Sonhos e eu fico bastante feliz, quando te visito também!
    Tenha um final de semana iluminado!
    Bjs com carinho, Josi.

    ResponderExcluir
  34. Que lindo este texto...esperança, recomeçar, coragem...cada dia é um dia e cada por-do-sol é único!
    Adorei...e obrigada pelo carinho lem casa!
    Bjs e um ótimo final de semana, com artes e amor!
    CamomilaRosa

    ResponderExcluir
  35. Rita minha queridona! Tuas palavras são calmante para o coração. Amo tuas belas palavras.
    Muitas coisas boas neste fim de semana.
    Beijinhos carregado de afeto.
    Lorena Viana

    ResponderExcluir
  36. Oi Cumadi,chegueiiiii.... vai ter festa julina por aqui??? kkkkkkk, tava muito boa a junina que queria mais.

    Adorei o texto, lindo demais, emocionante para mim. Um abração. e um fim de semana de paz e harmonia. Beijinhos.

    " Bons amigos são como estrelas. Você nem sempre as vê, mas sabe que estão lá."

    ResponderExcluir
  37. belo texto!
    beijos e um ótimo final de semana!

    ResponderExcluir
  38. Liberdade rima com felicidade:)!
    Gostei.
    Bjo

    ResponderExcluir
  39. Minha amiga agradeço suas palavras, vou arrastar seu banner para meus blogs. Um bom domingo.

    ResponderExcluir
  40. Ola!
    Obrigada pelo carinho de sempre la no blog!
    Posta aqui as fotos das flores do seu irmao, acho muita gente vai gostar!
    Que texto lindo!
    Bjs
    http://minimibijoux.blogspot.com.br/
    http://chacrinharosa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  41. Oi, Rita! A natureza nos ensina a ser sábio e simples. Que possamos ser como os ipês! Um abraço, ótimo domingo!

    ResponderExcluir
  42. Olá Rita agradeço o seu gentil comentário.Realmente gosto do que faço e procuro fazer com amor....por isso sempre procuro inovar e usar a criatividade para alcançar com as crianças o máximo possível.
    Vim ver as novidades e adorei seu cantinho, é muito acolhedor.
    Um grande abraço.Tenha uma semana de muita Paz e Luz!Até breve....

    ResponderExcluir
  43. Rita boa Noite.
    Hoje estou bem melhor das vistas
    estava muito dificil as coisas não estava conseguindo ficar no computador.
    Adorei seu poema como sempre.
    Um feliz Domingo,Evanir.

    ResponderExcluir
  44. Abençoamada Rita,
    Paz

    Receba,com o mesmo amor que aplaudi a Jenário de Fatima:

    Como é bonito ver o ipê que flora,
    Pelo cerrado no mês de agosto.
    Com tanta seca, tanto cinza exposto
    E tanta aridez pelo campo afora,

    O Amarelo-Roxo, abre, revigora
    Feito um doce alento a bater no rosto
    Como se Deus ali tivesse posto
    Um sopro de vida, num mundo que chora.
    Amiga, não estou conseguindo postar comentário no blog da Vanessa, por isso, diga-lhe do apaixonante que é a mensagem sobre "aquellos ojos verdes" da sua irmã. Diga-lhe também do mirífico que é o seu escrever.
    Tal mãe, tal filha.
    Parabéns a ambas
    Alberto

    ResponderExcluir
  45. Os ipês são lindos Rita. Linda foto e belissima mensagem, obrigada por compartilhar. Bjos um excelente final de semana amiga

    ResponderExcluir
  46. Rita

    O um belo poema que sugere liberdade de amar, o só poderá ter razão de ser.
    Na minha opinião, nada como um novo e feliz amor, para esquecer outro.
    Beijos

    ResponderExcluir
  47. A certeza que a esperança nos abrem a porta,faz superar os piores momentos e embarcar num trem para novas viagens.
    Linda inspiração da dor fazer alegria numa linda poesia.
    Parabens amiga.
    Abraços.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  48. Oi Rita! Pelo que entendi, são mensagens sobre seu blog e pelo sucesso dele, mas não sobre seu post. São mensagens automáticas, que não há como retornar ou entrar em contato. Sempre deleto mensagens do tipo, pois nunca sei se são vírus. Sugiro que delete esses comentários. Nunca se sabe, não é? bjsssss

    ResponderExcluir

Obrigado pelo carinho,por deixar seu comentário,espero que tenha gostado ,volte sempre!!

Abraços com carinho!

└──●► *Rita!!